Tradição

Tradição

Nos dojôs de artes marciais existem muitos gestos que conduzem à concentração: a maneira de arrumar os sapatos, os objetos pessoais, a maneira de saudar ao entrar, etc.

Todos esses gestos são katas. A maneira de comportar-se é kata. Quando se saúda, não se pode fazê-lo de qualquer maneira. No ocidente dá-se vagamente a mão, e não se inclina a cabeça. Não se compreendeu nada da beleza do gesto. Tem-se que saudar completamente. É comum sentar-se em seiza, juntar as mãos lentamente com os braços estendidos paralelos ao solo, a ponta dos dedos chega até a ponta do nariz, inclina-se o tronco em direção ao solo potentemente, ergue-se depois com as mãos ainda juntas e coloca-se naturalmente os braços ao longo do corpo.

Corpo reto, nuca reta, pés no solo, espirito tranqüilo. Desta maneira revela-se todo o respeito que se sente pelo seu oponente, pelo seu mestre, pelo dojô e pela vida. Todos esses gestos são muito importantes, já que ajudam a manter um espírito correto. Significam respeito e ajudam a nossa natureza a alcançar uma condição normal.

A observação do próprio comportamento é muito importante. O comportamento influencia a consciência. Comportamento justo, consciência justa. Nossa atitude aqui e agora, influencia a tudo que nos rodeia. Nossas palavras, nossos gestos, nossa maneira de estar, tudo isso influencia o que passa ao redor de nós e a nós mesmos. As ações de cada instante, de cada dia devem ser justas. O comportamento no dojô reaparecerá em nossa vida cotidiana.

Esse comportamento justo que se busca no Aikido, visa à busca da ordem, para que as coisas caminhem bem, dentro e fora do dojô, pois onde há desordem, há conflitos.

O estudante deve aprender a compreender seu oponente, senti-lo e somente no momento que for capaz de desenvolver este sentimento, poderá “liderar” a intenção do atacante e consequentemente, sua força agressiva.

 

Reverência

É comum as pessoas perguntarem sobre os cumprimentos no Aikido. Na cultura japonesa o cumprimento tem o mesmo significado dos costumes ocidentais, tais como apertar as mãos, dizer obrigado, por favor, etc. Incorporar este aspecto da cultura japonesa no Aikido tem vários propósitos. O cumprimento expressa respeito. Mostra que sua mente está aberta para aprender com o instrutor ou com os outros alunos. O início do treino significa o início da prática formal. No início do treino deve-se dizer ” Onegaishimasu” que significa “Por favor, vamos começar” e, após cumprimentar o instrutor ao final do treino, ou mesmo a um companheiro ao final de uma técnica, deve-se dizer “Domo arigato gozaimashita”, que significa “Sinceramente muito obrigado”.

A reverência é uma manifestação de respeito. Dessa forma, expressa abertura mental e desejo de aprender com o professor e com colegas mais graduados, e reverenciar o parceiro ajuda a lembrar de que ele é uma pessoa, não um boneco ou saco de pancadas. Treine sempre de acordo com as habilidades do parceiro.

A reverência inicial, que indica o começo da prática, é muito similar ao “pronto, começar”. No decorrer da aula, deve-se comportar segundo certos padrões. Uma aula de Aikido é um mundo à parte. Enquanto estiver nesse “mundo”, sua atenção deve estar focalizada na prática do Aikido. A reverência, ao final, é como um sinal para o retorno ao “mundo normal”.